Igual ao 29 de fevereiro, escolhemos os nossos candidatos a presidente, governador, senador e deputados em cada quatro anos. Durante esse período somos obrigados a assistir horário eleitoral na televisão e rádios, além de que em cada esquina da cidade tem alguém panfletando ou segurando bandeiras dos determinados candidatos e ainda, como se não bastasse uma vez por outra tem umas carreatas ali, umas caminhadas políticas aqui. Quem não gosta de política, esse período é de imensa tortura, eu não sou obrigada a votar, afinal ainda tenho 15 anos, mas como futura cidadã preciso prestar atenção na escolha do futuro do nosso país. Com esse objetivo assisti a dois debates, um entre presidenciavéis, outro entre candidatos ao governo do meu estado. Assisti não porque eu goste dos candidatos, mas sim ao confronto de ideias, porém, o que vi e ouvi foram trocas de acusações, para decidir quem é melhor e não quais seriam as possíveis soluções para nossos problemas.
Essas eleições estão me deixando preocupada, não só em relação aos candidatos, mas também com relação aos eleitores. Percebo que as pessoas principalmente as do interior do meu estado, acham que os candidatos são seres superiores a eles, e na verdade não são. São no máximo seres iguais a nós e que nós os elegemos por seus méritos e não por suas promessas. Sobretudo, nessa eleição temos algo a nosso favor, porém não sabemos usa-la, podemos prestar atenção nos candidatos ficha limpa, porque se prestássemos atenção ao históricos dos nossos candidatos, não teríamos como opção o Fernando Collor ao governo de Alagoas. Na verdade, meu estado não é de revelar bons políticos, tivemos dois presidentes, um da república, outro do senado, um caçado, outro afastado, é vergonhoso.
Ao meu ver, antes de criticar as roubalheiras dos políticos, antes de não acreditar mais em política, devemos nos reeducar, votar com seriedade e acreditando que nós somos o futuro do nosso país. Absorvendo a ideia que políticos não são seres superiores a nós, eles é que devem favor a gente. Ninguem precisa ficar sastisfeitos com o minimo que eles fazem, precisamos pensar grande, pensar em resolver e não em melhorar. Pensando um pouco mais em nós, faremos um futuro e sobretudo um presente muito melhor, não esquecendo que estar em nossas mãos a responsabilidade de cobrar um Brasil melhor.

4 Comentários

Agora tô pronta disse...

Oi queridaaa *--*
Que bom que gostou do blog.
dorei o seu também...
As coisas que escreve estão de parabéns *-*

Juliana Cândido disse...

Thaíse o que vc mostra acima, é interesse que muitos de nós brasileiros não temos, só pensamos em nos livrar logo dessa eleição e pronto
Mas se pelo menos metade da população do nosso país pensasse um terço de como tu pensa, com apenas 15 anos, nós com certeza teriamos politicos e um país melhor

Esta de parabéns continue assim sempre !!!
Fique com Deus bjin
Juliana

Pirulita Doce disse...

Sinceramente, politica é uma droga! Eu odeio essa época e ngm cumpre ndz do ke foi dito! O nosso dever seria cobrar realmente o prometido mais...affz os brasileiros sao mt acomodados.

Thais Allana disse...

nem sei o que comentar... eu sou o futuro sim mas quem está no presente não contribui para o futuro.