Emblema que causou tanta reprovação.
Agora é certo, a próxima copa do mundo é verdadeiramente nossa. O ponta pé inicial já foi dado na África do Sul, com a divulgação do emblema. O que era sonho passa a ser realidade e colocar a mão na massa, deve ser o próximo passo para a construção de uma festa tão bonita quanto a da África. A pergunta principal, deve-se a dúvida que cerca todos quanto a nossa participação na copa. Não há dúvidas ao pensar na nossa riqueza histórica e que somos o país do futebol. Mas a dúvida aparece ao pensar se realmente vale apena gastar tanto dinheiro na construção de estádios, quando existe tantos problemas sociais que precisam ser resolvidos.
O que podemos observar comparando a copa da África com a do Brasil, é fácil perceber que problemas existem lá, como o fim do apartheid, e no Brasil notamos um grave problema de corrupção. O que vejo de errado na África é que a copa pode ter gerado empregos, ter feito o mundo olhar com outros olhos o continente africano, mas agora que a copa acabou, como será que está o povo, para que vai servir os nove estádios milionários? Vejo a copa do Brasil como uma oportunidade para mostrarmos nossa força. Problemas vão existir, mas deve ser evitados e superados. O país é o berço do futebol, vivemos e respiramos futebol, existem diversos clubes esportivos espalhados no país, o nosso mercado da bola gira muito bem, não resta dúvidas que os estádios que irão ser construídos ou reformados, irá ser utilizados depois, podemos perceber isso ao olhar para a copa de 50, aqui no Brasil e a construção do Maracanã.
O que preocupa não é o depois da copa e sim o antes dela, verdadeiramente não sei se estamos preparados para receber um evento tão grande quanto esse. O pan serve de exemplo para enxergamos que está prestes a acontecer. A festa do Pan, foi linda mas a demora para a construção das obras necessárias marcou a mesma. Sem falar dos meios de comunicação, que ao invés de apoiar o Rio de Janeiro, só criticou e fez chacota com o mesmo. Não consigo entender essa postura, pois se é para ser contra a esses eventos, porque ficar tão feliz, fazer festa ao ouvir o anúncio dos mesmos, como o das Olímpiadas.
Não posso dizer se a copa de 2014 vai ser ótima para o nosso país, mas creio que agora não é a hora de criticar tudo a respeito dela, como ocorreu com o nosso emblema, que eu achei bem legal. A copa é oportunidade, e podemos usa-la bem ou mal, tenho conciência que pode dar tudo errado, que planos podem não sair do papel, mas vou apoiar, pois criticar não vai resolver o problema. Vale ressaltar aos responsáveis do evento, que vamos ficar de olho. E todo o pessimismo que eu vejo nas pessoas me preocupa, afinal para a realização dos nossos sonhos o primeiro passo é acreditar nele.

4 Comentários

Mirian Brandão disse...

Eu vou ser bem sincera, acho que o país vai ter problemas sim, vai gastar muito sim, mas com certeza fará uma festa muito bonita, acho que os principais críticos da copa de 2014 são uma minoria que não gosta de futebol e odeia tudo o que surge a partir dele. Vamo que vamo Brasil que a copa tá chegando !

Yasmin Kuhnert disse...

Não acho que a copa do mundo trará só problemas para o Brasil, concordo contigo quando diz que não é hora de criticar. Porque ou bem ou mal o país vai ganhar em segurança, transporte e mais investimento estrageiro no setor do turismo. O que pode trazer mais renda para ser convertida na tão falada educação e saúde. Se o presidente (a) eleito souber converter os lucros da copa nestas questões, vai ser melhor ainda. Por isso penso que aqueles reclamões de plantão deveriam é votar pensando nisso. Ótimo texto!

Kaline disse...

Nossa! adorei seu ponto de vista. Realmente não é hora de criticar. Primeiro vamos acreditar não é?!
Tentar e ver o lado bom.

Você escreve muito bem!
Faz um tempinho que ti sigo no blog.
Adoro ler seus textos ^^
obrigada por passar no meu :)
beijos

Pirulita Doce disse...

Ah n é hora de criticar, mais sinceramente eu axo ke poderá sim trazer mts problemas e o Brasil gastará um dinheiro enoooooorme ke poderia ser utilizado na educaçao, mas fazer o ker né???