Amor. Sentimento que brota em relacionamentos, entre homens e mulheres, entre amigos, irmãos e pais e filhos. Mais dentre desses um se destaca como mais bandido. O de irmão. Entre esses surgi um amor que em momentos de fúrias pode se tornar ódio, nm piscar de olhos. Eu tenho irmã mais nova, posso falar sobre esse assunto porque tenho esperiência própria. Mais confesso a vocês que quando penso nisso surgem dúvidas que não sou capaz de desvenda-las.

Porque será que existe momentos que, com muita facilidade, tratamos pessoas ligadas a nós pelo cordão umbilical da nossa mãe e somos tão frios com que realmente são nossos IMÃOS? Mais porque somos tão pacientes, com pessoas estranhas, ou que acabamos de conhecer pela internet e já saimos gritando pelos quatros cantos, não tenho nenhum pudor em chama-lás de "irmãos"?

Sabe, vou falar por mim, vivo em um mundo de hipocrisia, conheço pessoas em um dia no outro, ela já é minha amiga de infância e consigo considerar ela mais que a minha irmã, conto segredos a ela que jamais contaria a minha irmã. Mais porquê isso?

A verdade é que não temos paciência, para tratar do nossos irmãos mais novos porque achamos que o minimo que fazemos, já vamos ser pais deles. Não gostamos de irmão mais velhos porque achamos o subito conselho dele, uma necessidade de ser segundo pai. Sempre vamos achar defeitos neles, por melhor que eles sejam ou por mais que eles nos amem. Com isso, as brigas não inevitaveis, e cada uma mais feia que a outra.

Abandonando o meu discurso politicamente correto, digo que não é fácil, nem para mim, nem para ninguém, ter que dividir TUDO com irmã, isso vai de atenção até o quarto. Não é fácil aturar uma pessoa que é completamente diferente de você, se você quiser x ela sempre vai querer y, ou quando ela quer ser mais irritante ela quer 2x, somente para dizer que é melhor que você. Não é facil ter que ouvir sempre " Olhe a sua idade para a dela". Sinceramente não é fácil. Mais o pior de tudo é que a mãe sempre defende o filho errado, isso irrita. E a única certeza que eu tenho quanto a esse assunto é que o mais novo é sempre o certinho e o mais velho sempre se ferra. Eu depois de 2 dias de castigo, quero mandar um recado para minha mãe: "Mãe não foi eu que quebrei seu porta-retrato preferido!"

8 Comentários

sarah disse...

Uns acham o amor fácil de lidar, outros acham um sentimento dificil de sentir..
eu acho esse sentimento o mais divino de todos, e se ele realmente existisse no coração de todos o mundo seria diferente.


beijos flor.

Rebeca disse...

ah, o amor, o amor :}

Patrícia Azevedo disse...

uau! adorei! *-*
adorei seu blog também, já estou te seguindo!
um ótimo final de semana!

anaa ' disse...

amor de irmão é meio louco mesmo, e os pais sempre dão razão pro irmão errado mesmo, sempre me ferro por causa da minha irmã :\
AHSUAHSUAHSAUSHAUS

Biazynhah disse...

É exatamente assim acabamos confiando mais nas amigas do que nas irmãs, e por sermos mais velhas sempre levamos a culpa, acho que é por isso que preferimos as amigas.

ticoético disse...

HSUAHSUASHUASHUA,morri de rir com o último parágrafo,acho triste você viver em um mundo hipócrita,mas acho que a hipocrisia já é tão normal que até faz parte da educação,amor e respeito,acho que é do que se trta,enfim,bela.
abraço !

●๋• тнαi иαรciмєитσ disse...

Imagine então ter duas irmãs e ser a filha do meio? Minha situação.

Isso tem seu lado bom, claro. Tudo tem seu lado bom e seu lado ruim. Aiaiaia, é difícil mesmo.

Boa sorte no BK.

Mariah disse...

eu não sei o que é o amor, ninguém sabe.. e é justamente por isso que ele é tão bom! :)