Casais apaixonados + Casamento = Separação.
Nos dias de hoje casar virou moda, mais os noivos só esquecem que esse ato as vezes não pensado, talvez seja a porta para a separação. Explico porquê.
Com a super valorização dos lançamentos dos vestidos de noiva do Dolcce e Gabanna, das decorações, dos arranjos, das rosas vermelhas, das alianças, do terno do noivo, que agora a moda é também ser branco, o esquecimento do amor que deveria existir entre os noivos é evidente. O que acontece de verdade é que o até que a morte nos separe, virou mito. Casamentos que são separados pela morte deveria entrar no guines. Existe tantas coisas que separam os casais apaixonados que a morte fica para último plano.
A facilidade que existe para realizar casamentos, existe também para realizar divórcios. Tem casais que namoram dois meses e já querem casar, e tem os que namoram 10 anos e não querem nem ouvir falar em casamento, e quando casam, o casamento trata de separa-los. Aí fica a dúvida, vale a pena mesmo casar? No tempo em que casamentos estão cada vez mais frequentes e divórcios, cada vez mais comuns? Eu respondo por mim, vestido branco e buquê de rosas vermelhas nunca me atrairam. Tenho uma imagem tão ruim de casamentos que prefiro não casar, mais não tenho pais separados (coisa rara, nos dias de hoje!). Com todas as reclamações que escuto dos maridos, e com o incentivo da minha avó para se casar com um homem rico, só me faz ter arrepios quando falo de casamentos. Vamos pensar numa coisa, a infelicidade no casamento vem desde quando você escuta da sua avó: "Minha netinha, que Deus lhe dê um marido bem rico, para você ser feliz!". Ela esqueceu que dinheiro não traz felicidade, e tambem do sentimento  fundamental para sermos realmente felizes, o amor. A verdade é que o clima da festa e da lua de mel são uma doce ilusão do que é realmente o casamento. Depois deles vem os filhos, vem as contas, as preocupações, as manias desconhecidas do marido...
Minha mãe costuma dizer que quando namoram, tudo são flores, mais quando casa só os espinhos aparecem. Não quero desanimar ninguem, acho muito bonito quem acredita de verdade que quando se casar, o felizes para sempre é a proxima etapa. Eu só não acredito nisso. Mais a esperança é a última que morre não é mesmo? Quem sabe eu não mudo a minha ideia.
No tempo em que mulher separada não é mais vista como um bicho, onde há casamento por dinheiro e gravidez para segurar o marido, não acreditar que o casamento só traz felicidade é consequencia. Por isso cada vez mais meninas, não sonham mais com o casamento, e que ficar para titia não é mais motivo de vergonha.

3 Comentários

Mara Souza disse...

Eu, francamente, acho que cada caso é um caso, cada casal é diferente e tem seu equilíbrio próprio. Óbvio que nem tudo são flores e que seres humanos são cheios de defeitos, mas acho que quando há amor, vale a pena tentar. Pode ser uma experiência maravilhosa.

Beijos,
Mara
http://verypinksmile.blogspot.com

Lunna disse...

ah.. bom, eu nao vou dizer que nao acredito nos casamentos, mas nao acho que eles seja assim tãão nescessarios, quer dizer, se vc quer casar: case; mas que seja algo consciente e não por causa de uma festa ou algo assim.

;*

Mayla disse...

Eu me lembo muito bem quano liam para mim histórinhas com felizes para sempre.Casais separados já não era coisa tão comum.
Nos dias de hoje,'felizes para sempre' é só mais uma etapa do casamento.Concordo com você,virou mito mesmo.
São raros os casamentos que urão até que 'a morte nos separe'.
Jovens que casam cedo,a maioria não é por amor,mas sim porque engravidam.¬¬
bjos
mah
P.S:Adorei o post!