Todos estão pensando que eu irei postar sobre os desastres que estão acontecendo no sul, confesso que não irei somente fazer isso, mas aproveitando esse espaço que prestar minha solidariedade aqui!!
Mas quando botei esse titulo pensei em mim e pessoas parecidas comigo, que são as pessoas denominadas desastres ecológicos, definindo: os desastres da natureza em forma de gente!
Quando foi que eu percebi que eu sou um deles?
Quando no meio de uma sala de aula com 47 alunos, eu consigo sentar onde nao tem cadeira e se estatelar no chão.
Mas não foi só por isso..
É só olhar para os meu joelhos cheio de cicatrizes que eles dizem como foi minha infância, reflete na minha vida ate hj, pq minha vida foi e é cheia de desastres e eu vivo me superando, com quedas, tropeços e entre outras coisas.
Minha mãe diz que eu eu sou ADA: desastrada, desarmada, desorganizada e entre outros adas.
Mas sabe de uma coisa? Eu sou feliz!
Eu sei que nada nessa vida e fácil, principalmente para uma pessoa que sai tropeçando e caindo por aí...
Mas todas as vezes que eu caio eu sou a primeira a rir, e é a partir do meu riso que eu aprendo a levantar, é quando eu começo a achar graça nos meu problemas.
E é através dos meus desastres que consigo aprender que cair é inevitável, mais só cabe a mim levantar e seguir em frente..

3 Comentários

jaquesmeumundo disse...

Thaise eu sou e você sabe disso, e outra coisa você alem disso ainda é sega e surda porque a pessoa puxa a cadeira depois de horas tu vai sentar nem olha se tem cadeira você supera-me ¬¬"

Thaíse Lima disse...

Eu sei disso!!
Mais essa é a thaise!!

Anônimo disse...

a benhe......... tenho pena da dizastrada. rafiinhaliima