Ela sempre foi uma menina muito esperta, inteligente, porém se sobre carregava demais quando o assunto era escola, sempre foi a melhor aluna da sala, apesar de gostar muito de estudar, se cansava com facilidade. E já em Março, o que mais dizia era:
- Socorro! Eu preciso de férias!
Sua mãe achava um exagero e tanto, e nem suportava a ideia de ter a filha já no terceiro mês do ano em casa se, nada para fazer. Pois se a filha reclama por ter tantas tarefas a cumprir, ela reclamava bem mais por não ter nenhuma. Esse era seu dilema.
Mas Joana não descansava, e inquieta de mais e adorava reclamar. Achava férias um nome engraçado, mas que soava como um descanso feliz. Ela provava um pouquinho no mês de Junho para Julho, onde aproveitava para curtir as festividades juninas. Ela considerava as férias do meio do ano, como aquele doce junino, o suspiro. Pois era na primeira 'mordida', que ele se desmanchava.
Porém ela não se satisfazia com pouco mais de quinze dias de descanso que a sua escola dava. Ela queria mais, queria que chegasse logo Dezembro e Janeiro, para que pudesse aproveitar o que as férias tinha de melhor. De tanto ela chamar, e para desespero da sua mãe, Joana enfim, estava de férias. E ela já planejava um monte de coisas a fazer. Queria ir para a casa da avó, para se encontrar com as suas primas, pois moravam em uma outra cidade. Queria ir a praia, ao shopping, ao zoológico, e assistir pelo menos uns três filmes que estavam para estrear no cinema. Sem falar que também queria viajar com a sua família para uma cidade que eles não conheciam.
Era a oportunidade que ela tinha de fazer as coisas que não podia fazer durante o ano, pois seus compromissos escolares não permitia. Contudo, seus planos não iam saindo da folha da sua agenda, o motivo é o fato de seus pais não estarem de férias assim como ela. Então o que ela mais fazia era postar no seu blog, enquanto sua mãe grita na cozinha:
- Menina, venha fazer alguma coisa, tenha pena da sua mãe, vai passar as férias inteiras na frente desse computador, sem lavar um pratinho? Assim não dá! Eu trabalho o ano todo e não tenho férias, está vendo como são as coisas?
Depois disso, a próxima coisa que Joana fazia, era rezar para que as aulas começassem logo.

Bem, é mais ou menos assim que são as minhas férias. Beijos para todos. Não esqueçam de comentar, pois isso é muito importante para mim. Boa sorte para todos os participantes do Bk, bem que eu tô precisando de um pódio lá.

5 Comentários

Any disse...

Boa sorte no Blorkutando!
Com esse texto acho bem dificil você naõ ganhar! ^^.
Beijos

lágrimas do céu disse...

Haha, minhas férias não são muito diferente disso não ;p
Beijinhos.

Carolina de Castro disse...

Minhas férias estão longe ainda!
Então, só fico chupando dedo e vendo as férias dos outros!
Rsrsrsrsrs
Beijos

deh ramos disse...

Oi, florzinha. Então, minhas férias estão um pouco ruins esse ano, porque estou esperando o resultado do vestibular. Daí não tem como relaxar quando não se sabe o que vai fazer no proximo ano. A ideia do cursinho me espanta. hahaha

Beijo grande. Aproveite!

Ariane s.s disse...

Gostei de tudo aqui !
Parabéns , ah e a Joanna é muito ... sei lá , tem um pouco de mim ai !
Beijos
Se quiser dá uma passadinha lá no meu blog:
www.blogdeariane.blogspot.com