Querida amiga Clarie,

Olá linda, quanto tempo que não te vejo. Estou com muitas saudades suas, você não sabe a falta que você faz. Recebi sua carta e não vou negar que me emocionei. Lembro-me de todos os nossos momentos juntas, de todos os nossos segredos confidenciados e de todas as nossas conversas, aprendi muito com você. E saiba que sinto muito a falta do seu ombro amigo nos momentos díficeis.
Você sabe que eu não sei explicar o que houve conosco mais de uma forma muito estranha, fomos separadas pelo tempo, dez anos nos afastam, mais apenas fisicamente, pois sinto você do meu lado em todos os momentos. Ah, amiga você não sabe de como as coisas mudaram, o tempo passa e nós nem percebemos. Posso te dizer que me surpreendi muito comigo, tinha conceitos formados sobre mim e o destino fez o trabalho de acaba-los para mim. Com meus trinta anos, já estou casada e grávida de uma menina linda, da qual seu coraçãozinho lindo já pude ouvir.
Sei que você se surpreendeu, afinal, aquela menina de quase 20 anos, que só se preocupava com sua carreira profissional, se casou. Amiga, estou vivendo um momento lindo como mulher, do qual jamais pensei que passaria. Eu tenho um pequeno ser dentro de mim, e isso é algo magnífico. E meu marido é o compreensivo que eu poderia encontrar, um ótimo companheiro, colega de profissão e ainda um pai encantado.
Nunca imaginei que no ápice da minha carreira profissional ser esposa e mãe me deixaria tão feliz. A vida nos emprega surpresas inacreditaveis e no final, tudo acaba bem. Pode não ser um final de contos de fadas, mais termina bem. Hoje, podendo olhar para trás vi o quanto que poderia ter aproveitado minha vida, minha juventude passou e eu nem percebi, preocupei-me muito mais com meus estudos e deixei de aproveitar o bom da vida.
Fiquei muito triste quando li que você quer muito, que o tempo passe, o mais rápido possível. Não é assim que tem que ser Claire, por mais que a faculdade esteja difícil e que as coisas não esteja sendo como você esperava. O passar do tempo não vai ser a solução, as coisas não caem do céu amiga, temos que ir a luta. Não cometa os mesmos erros que eu querida, viva um dia de cada vez, com calma e tenha menos conceitos. Porque se não, um certo dia você vai acordar cheia de rugas, com trinta anos, casada, grávida e cheia de trabalho a fazer, sem nem saber de como tudo isso aconteceu. Se preocupe menos e festeje mais. a vida é longa para quem espera e saiba que estarei sempre com você, mesmo o tempo nos separando, nossa amizade é indestrutível. Aproveite enquanto a tempo Claire e nunca esqueça que eu te amo, conte sempre comigo. Responderei a todas as suas cartas.
Saudades imensas,
Natalie.


Carta totalmente fictícia. Para o Blorkutando. Gente, sei que estou um pouco ausente, mais a minha vida de estudante e está me deixando sem tempo, além de que estou meia sem criatividade, esse texto diz bem isso. Mais mesmo assim espero que gostem. Beijos para quem é de Beijo.

2 Comentários

Rebeca disse...

Seu blog tá lindo, o texto tá perfeito e o layout impecável.
Parabéns Thaise, você escreve como ninguém.

Natália disse...

descupa! eu te amo!
preciso falar com você!
mil descupas por tudo !