Antes de mais nada me apresento a vocês, mais até parece que vocês não me conhecem, sei que poucos gostam de mim, não sou muito simpática - eu confesso- mais não podem negar que mesmo que escondida existo dentro de cada um de vocês. Alguns assumem, e aceitam essa verdade já outros não. Mais acreditem, eu posso ser boazinha, mais para isso eu preciso de vocês, preciso que me usem com moderação, se for usada com exagero, posso fazer estragos irreparáveis.

Sei que já fiz muito mal a muitos, estraguem muito relacionamentos, já fiz você passar por micos ridículos. Mais não digam que eu não avisei, eu não posso andar junta com a raiva, eu e ela, somos como bebida e direção, mistura periosa. Meu objetivo não é apertar o coração de vocês, apesar de fazer isso, quero poder proporcionar a vocês, a percepção de quanto você ama uma outra pessoa, tanto é que a gente passa a ter certeza que amamos outra pessoa, quando sentimos ciúme dela.

Como todas as coisas do mundo, tenho meu lado bom e ruim. Posso fazer o bem, mais também posso fazer o mal. O único detalhe, é que não cabe a mim escolher e sim a você. Se você for uma pessoa controlada, não irei te fazer mal, mais se não for, não prometo o mesmo. Assim, como aprendo a lidar com outras coisinhas, vocês também aprenderam a lidar comigo. Para mim, a convivência com a inveja é quase impossivel. Ela me tira do sério, vocês não podem misturar nós duas, ela é ridicula e ainda é confundida comigo. Quando vocês verem o seu gatinho conversando com uma menina linda, você sente ciúme ou inveja? Em geral, você sente inveja, mais não assume e diz que é ciúme. Isso me irrita muito.

Bom, já falei muito sobre mim, sei que quando ler esse texto vai ficar com a minha amiga dúvida dentro de você, mais pode deixar ela de lado um pouquinho e acredite que sou de fácil convivência, afinal, existem pessoas que vivem comigo tranquilamente. Mais depende de você. Seja controlado e quando a raiva aparecer para você, mande ela embora e seja feliz com a pessoa amada, seja lá namorado, amiga, mãe, pai ou irmão. Não precisa se morder, fato.


Gente escrevi esse texto, acho que primeiramente para mim mesma, eu morro de ciúme de tudo. Sei que não é certo mais eu sou extremamente ciumenta, mais não barraqueira tá? Blog voltando a ativa de vez. Beijos e fiquem com Deus.

13 Comentários

fernanda disse...

gostei do texto, apesar de nao ser tao ciumenta assim, as vezes esse sentimento aparece né.

Ellen Melo disse...

Adorei seu texto! Escreve muito bem! O ciúme é um dos sentimentos que eu menos gosto de sentir. Não sinto tannto, mas quando sinto, é bem ruim... Beijo, bom fim de semana! :D

Bianca S. disse...

Amei o texto! define superbem =D
vc eh uma escritora de verdade!
Eeh o cíumes pode consumir agente por dentro, corroer nossos tecidos e beber nosso sangue...tem que saber lidar...
o ciúme é mortal, seja ele controlado ou não. por isso que é um dos piores sentimentos que todo mundo sente.
Boom Mil Beijooos

mudei a url do blog: http://blogspartb.blogspot.com

Manú disse...

adorei o texto, eu tento dosar meu ciume, mas eu confesso ser muito ciumenta!

Manú disse...

adorei o texto, eu tento dosar meu ciume, mas eu confesso ser muito ciumenta!

Manú disse...

adorei o texto, eu tento dosar meu ciume, mas eu confesso ser muito ciumenta!

Rúvila Magalhães disse...

Arrasou no texto, muito legal, me lembrou a morte do livro "a menina que roubava livros"
Muito bom!
beijos

Rainbow disse...

ameii o texto esse tal de ciumes seii não viu? hasuhUHSSAHHUhauh

LR Pinkie disse...

Ahh que lindoo ! Adoreei !

Entre no meu blog tb, e sigaa *---*
eueavidaopoemaeeu.blogspot.com

aprendendo template disse...

Oie. Te enviei um e-mail sobre o seu pedido de template.
Aguardo a sua resposta.
Beijos

''Tay' disse...

Adorei o post *-*
admito que as vezes sou uma pessoa muito ciumenta... =X

bjus =*

Rebeca Rocha disse...

O ciúme é uma arma letal.
tá lindo o blog *-*

ana lima. disse...

Sou a pessoa mais ciumenta dese mundo. As vezes, o ciume me pega de um jeito que eu sinto até tontura hahaha é estranho, mas dá uma sensação boa. Vai entender... Adorei o texto.